Dica · hair · Inspirations · Uncategorized

Hair: Low/No Poo

Muita gente conhece, mas também muita gente não conhece, a técnica chamada No Poo e Low Poo. Então aqui vou explicar como funciona.

Lembrando que as informações desse post foram tiradas do Manual Prático das técnicas de No/Low Poo da Vanessa Freitas.

O que é No Poo e Low Poo e porque muita gente está deixando de usar xampu:

Bom, primeiro você precisa saber do que se trata e como funciona a técnica!

– O QUE É O NO/LOW POO?
Pensa assim: poo = shamPOO. No = sem; low = baixo, pouco. Então, o no poo não usa shampoo, e o low poo usa shampoos ou com menos frequência ou menos agressivos, ou seja, sem sulfato.

– MAS COMO O NO POO LAVA O CABELO?
Com condicionador! Porém tem que ser um condicionador sem nenhum dos componentes proibidos, tipo o Yamasterol amarelo. Essa técnica de lavar com condicionador chama “co wash”. “Co” de COndicionador, e “wash” de lavar. O grande lance é se livrar do sulfato. Existem vários tipos de sulfato, e é bom evitar todos. O sulfato remove a oleosidade NATURAL do cabelo, que é o que mantém a saúde natural dos fios.

– POSSO FAZER O CO-WASH COM A TÉCNICA LOW POO TAMBÉM? Claro que sim! O condicionador, assim como o shampoo, tem agentes emolientes que são capazes de promover limpeza aos fios.

Para lavar com o condicionador, é fácil: você aplica no cabelo da mesma maneira que se usa shampoo, primeiro no couro cabeludo, até a raiz, massageando bem. Deixar agir por alguns segundinhos, sempre massageando, e depois é só enxaguar com água, de preferência fria, para fechar a cutícula do cabelo!

– NÃO QUERO MAIS USAR PROIBIDOS! E AGORA?
Você pode escolher usar shampoo sem sulfato, mas vai lucrar muito mais se fizer no poo. O no poo costuma resolver problemas de oleosidade e caspa.

Para saber se o produto é liberado ou não, tem uma tabelinha no Google Docs com todos os Liberados e Proibidos, só clicar aqui.

– SÓ PODE CACHEADAS?
Não! As cacheadas amam porque os cachos fazem com que a oleosidade natural da raiz custe a chegar até as pontas, e com a técnica isso acontece melhor. Mas lisas também podem, e sentem muita diferença na saúde dos fios.cabelos de sereia:

Entendida a técnica? Então vamos começar!

Pra começar qualquer uma das técnicas, a primeira lavagem deve ser feita ou duas vezes seguidas com shampoo COM sulfato (sim, um componente proibido!), ou uma vez com anti-resíduos. Assim, você estará deixando seu cabelo livre dos proibidos que estavam acumulados. Esse é o único produto proibido à partir de agora, ok?

Depois da lavagem: À partir de agora, alternando a lavagem comum, você irá hidratar o seu cabelo de diversas formas, sempre utilizando os produtos liberados. Para desenvolver a técnica e fazer o cabelo aderir da melhor forma à essa nova técnica de cuidados, é muito importante que o seu cabelo tenha uma rotina, ou, o CC: um “cronograma” especial de cuidados.

O que é o cronograma capilar?

Com o tempo, o cabelo vai perdendo nutrientes importantes. Para algumas, o cabelo vai sofrendo com o uso da chapinha e secador. Para outras, vai sofrendo com as químicas e tinturas. Chega uma hora que o cabelo precisa de cuidados mais intensos, mas muitas vezes uma única hidratação não basta para um cabelo bem maltratado: é necessário então uma rotina especial de cuidado com os fios.
CC significa Cronograma Capilar. Dentro desse cronograma você irá fazer uma HNR: Hidratação, Nutrição e Reconstrução. Tudo é claro, de acordo com a necessidade dos seus fios.

CC – Cronograma Capilar

Primeiro você vai começar a conhecer mais o seu cabelo pra saber do que ele mais precisa.
Hidratação: Todo cabelo precisa, não é mesmo? Se seu cabelo está ressecado, sem brilho, você precisa hidratar. A hidratação vai repor a água dos fios.
Nutrição: A nutrição seria o “alimento” do cabelo. Se seu cabelo não está definindo, com muito frizz, sem volume, sem balanço, ou ressecado também, ele precisa se nutrir. Ela vai devolver os nutrientes que seu cabelo perde.
Reconstrução: Essa é a etapa mais “pesada” do CC. Se seu cabelo está bem detonado, fino, quebradiço, poroso, se ele já sofreu muito com a chapinha ou qualquer outro calor excessivo, com químicas ou tinturas, ele precisa de proteína, e a reconstrução irá devolvê-las para o cabelo.

Já sabendo do que o seu cabelo precisa, vamos para o próximo passo. Você tem como investir em boas máscaras para cada etapa? Se sim, preste a atenção nos componentes. Se a grana estiver curta para comprar uma máscara para cada etapa, não se preocupe existem as receitas caseiras, que dão o mesmo resultado, dependendo do cabelo.

Para fazer as receitas caseiras, você vai precisar de uma máscara de hidratação pra base, qualquer uma da sua preferência e mais a mistura. Aqui vai uma lista dos mais usados em cada etapa.

INGREDIENTES PARA RECEITAS CASEITAS:

Hidratação: Açúcar, mel, babosa, glicerina, bepantol, maisena, creme de leite, maionese.
Nutrição: Óleos, mas sempre vegetais e 100% puros, sempre mesmo! Olhe a composição, se tiver algo como parafina líquida ou óleo mineral, fuja! Exemplos de óleos: azeite (extra virgem sempre), óleo de coco, óleo de rícino, óleo de argan, óleo de jojoba, óleo de abacate, óleo de amêndoas, etc. E também tem as manteigas, a mais conhecida é de karité;
Reconstrução: Queratina líquida.

Então é só misturar o ingrediente que você tiver em casa com a sua máscara de hidratação e aplicar no cabelo. Você pode deixar no tempo indicado que está na embalagem ou deixar por 40 minutos, pro cabelo absorver melhor.

This could be Dori in my story. Crowning Glory, a Christian romance award winner. www.patsimmons.net.:

Hora de organizar seu Cronograma Capilar!

Antes de qualquer nutrição ou reconstrução, o cabelo precisa estar hidratado. Então não pode fazer nutrição ou reconstrução primeiro, essas etapas precisam vir sempre depois da hidratação.
A reconstrução deve ser feita 1 vez por mês, ou no máximo 2 para cabelos bastante danificados. Reconstrução demais causa o oposto do esperado: queda.
De uma etapa para a outra, é bom o cabelo ter 48 horas de descanso.
O cronograma deve se adaptar a sua rotina. Quantas vezes você lava o cabelo por semana? Quanto tempo disponível você tem para tratar do seu cabelo? Pense nisso tudo antes de montar o seu.

Exemplo:

Manual prático de No-Low pooManual prático de No-L2ow poo

E a Umectação, onde fica nesse processo?
Umectar é o mesmo que umedecer o cabelo. Tá, mas umedecer com o que? Óleos! Por isso, a umectação entra na etapa da Nutrição do Cronograma Capilar. Umectar os fios com óleos vegetais ajuda o cabelo a repor nutrientes, combatendo o ressecamento, o frizz e a aspereza. Além de dar um brilho lindo ao cabelo, ele fica mais macio e definido.

Como fazer a umectação?
1: Dormir com o óleo no cabelo: aplicar o óleo no cabelo sujo, dormir com uma touca e enxaguar na manhã seguinte.
2: Passar no cabelo antes da lavagem (pré-poo): Aplicar o óleo no cabelo, deixar agir pelo tempo que for possível e enxaguar.

MÉTODO UCPE:

Você já deve ter ouvido sobre Umectação capilar, ou, no mínimo já viu uma sigla super estranha chamada UCPE, que basicamente significa: Umectar, Condicionar, Pausar, Enxaguar. Você pode fazer a umectação de dia ou de noite, dependendo do tempo de pausa que você prefere.
Como Fazer:
1 – Aplique o óleo por todo o cabelo, da raiz às pontas e mecha por mecha, massageando o couro cabeludo para ativar a circulação sanguínea. * Se optar por dormir com o óleo, escolha uma touca de plástico ou uma camisa de algodão – jamais touca térmica! Lembre-se que você está lidando com óleo e o calor pode fritar o seu cabelo!
2 – Após ter aplicado os óleos e feito a pausa desejada, seja ela de 30 minutos ou um noite inteira, solte seu cabelo e desembarace bem com um pente de madeira (plástico quebra os fios e deixa com frizz).
3 – Divida o cabelo em partes e vá embebedando as mechas com condicionador liberado. Após ter aplicado bastante produto em tudo, coloque condicionador nas pontas dos dedos e vá passando por toda a raiz, massageando e passando bastante até cobrir tudo o que está com óleo.
4 – Penteie bem os cabelos com os dedos e entre no chuveiro. NÃO enxágue o cabelo, faça tudo o que tiver que fazer no banho, sem deixar que o cabelo seja molhado.
5 – Após esse tempo de pausa, enxágue seu cabelo bem direitinho, com bastante água e passando a mão por ele todo. Nesse ponto, ele deverá estar macio e com sensação de limpo e condicionado, não deve estar aquele grude que fica quando está com o óleo.

Está pronto! Saia do banho e finalize como de costume!

Bom, o post ficou grande, eu sei, tentei reduzir ao máximo mas acho que não deu muito certo hehehe. Mas se ainda surgirem duvidas, existe um grupo no Facebook voltado somente para isso, o ‘No e Low Poo Iniciantes‘, lá vocês podem tirar todas as dúvidas.

A fofa da Mari Morena, tem um canal no Youtube onde ela fala das técnicas, do Co-Wash, de produtos e mais um monte de coisas. O link para um dos videos dela falando sobre No e Low é esse.

Obrigada a Gabriela Corrêa lá do grupo que me ajudou com algumas dúvidas. ❤

 

E você, já tinha ouvido falar na técnica? Achou legal, mas ainda tem algumas dúvidas? Comente!

assinaturablog

 

 

 

Anúncios

Um comentário em “Hair: Low/No Poo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s